Trabalhadores da Bioenergética Aroeira aprovam reajuste salarial de 4,5% e isenção no plano de saúde para dependentes

  A diretoria do Stiquifar (Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Químicas e...

 

A diretoria do Stiquifar (Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Químicas e Farmacêuticas de Uberaba e Região) promoveu Assembleia Virtual com os trabalhadores da Bioenergética Aroeira S.A, nesta última quarta-feira (7), com objetivo de deliberarem sobre a proposta de reajuste salarial para data base de 2021/2022.

De um total de 420 trabalhadores, 203 participaram do processo de votação, dando um percentual de 48,33%. Desse montante, 165 votaram SIM, 34 foram contrários; e tivemos 4 abstenção. “Nós queríamos contar com a participação nas próximas Assembleias dos 100% dos associados, pois os assuntos são de extremo interesse da categoria”, observam.

PROPOSTA APROVADA

Com a aprovação da proposta ficou definido que os trabalhadores terão um reajuste salarial de 4,5%, sendo retroativo a MAIO/2021. Também ficou definido em relação ao plano de saúde a isenção da coparticipação para todos os dependentes dos empregados, além de terem a um CARTÃO FARMÁCIA no valor de R$ 300,00. “Com a aprovação da proposta, o adiantamento salarial agora é de R$ 400,00 reais”, pontuam.

A empresa se comprometeu a incluir as cláusulas amparadas por lei, tais como: relógio de ponto por reconhecimento facial (Portaria 373/2011); Banco de Dados (Lei 13.079/2018); troca de feriados (art. 611-A CLT); e Contrato de Aprendizagem com base no artigos 428 e 429 da CLT, bem como a Lei 10.097/2000. “O sindicato conseguiu várias conquistas para a categoria, inclusive mantemos as demais cláusulas do acordo coletivo anterior, mesmo após vigência da Reforma Trabalhista que vem só retirando os direitos trabalhistas”, finalizam.