Deputado e sindicalistas falam com Barroso sobre correção do FGTS no STF

  O deputado Paulo Pereira da Silva, Paulinho da Força, participou nesta quinta (3), junto com o...

 

O deputado Paulo Pereira da Silva, Paulinho da Força, participou nesta quinta (3), junto com o presidente da Força Sindical, Miguel Torres, e o presidente nacional da CUT, Sérgio Nobre, de uma reunião com o ministro do STF, Luís Roberto Barroso, para tratar do julgamento da Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) 5090, que trata da correção do FGTS entre 1999 e 2013. 


 
O deputado e os sindicalistas pediram atenção especial do ministro com o tema e celeridade no julgamento no STF.Segundo informou Paulinho pelas redes sociais, a conversa com o ministro foi “muito boa e positiva, o que nos deixou esperançosos de que a ação seja julgada em breve”.


A ADI 5090 foi aberta em 2014 no Supremo Tribunal Federal (STF) pelo partido Solidariedade. A revisão do Fundo de Garantia é um direito de todos os brasileiros que tiveram carteira assinada de 1999 até agora. Com a correção, os trabalhadores poderão receber mais que o dobro do valor atual do FGTS.


No dia 7 de maio as centrais sindicais pediram em nota uma audiência com o presidente do Supremo, Luiz Fux, para tratar da questão.
 
 
Fonte: Agência Sindical