Clube do Stiquifar aberto, mas continua proibido o uso de piscina para fins recreativos e a sauna

  Em consonância com o Decreto nº 674, publicado no último Porta-Voz, pela prefeita Elisa...

 

Em consonância com o Decreto nº 674, publicado no último Porta-Voz, pela prefeita Elisa Araújo e secretárias competentes em elação as medias a serem adotadas para enfrentamento de emergência em saúde pública de importância internacional decorrente do coronavírus em Uberaba. A diretoria do STIQUIFAR (Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Químicas e Farmacêuticas de Uberaba e Região) comunica aos associados que o clube está aberto para desfrutarem de momentos de lazer com a família e amigos sendo observados todos os critérios estipulados pela Vigilância Sanitária.

Conforme foi informado anteriormente pela entidade classista, seguindo as orientações da Funel (Fundação de Esporte e Lazer) ficam permitidos as atividades coletivas como futsal e futebol, em espaços privados no clube, sendo de responsabilidade dos coordenadores ou responsável o controle de acesso dos usuários e cumprimento das medidas sanitárias impostas, sob pena de penalidades cabíveis.  “Vamos manter o acesso proibido a piscina para fins recreativos, bem como sauna pois não queremos infligir nenhuma legislação e muito menos colocar a vida da população em risco”, observam.

EXIGÊNCIAS LEGAIS – Para realização de atividades esportivas coletiva, fica expressamente proibida a presença de expectador/torcedores, observando as seguintes medidas impostas: disponibilização de tapetes sanitizante nos acessos de entradas aos locais de realização das atividades; aferição da temperatura corporal, através de termômetro; se a prática for em local aberto, será respeito a distância mínima de 1,5 metros entre os praticantes com ocupação máxima de 1 pessoa a cada 4m²; se a pratica for em ambiente fechado a distância mínima é de 1,5 metros, mas 1 (uma) pessoa por 4m²; e fica expressamente proibido o compartilhamento de equipamento e demais acessórios para prática esportiva, devendo ser de uso individual.

As exigências para abertura do clube também requer também estas outras medidas: o uso de bebedouros será somente para enchimento de copos ou garrafas de utilização pessoal; recomenda a troca de máscaras facial quando úmida acondiciona em embalagens próprias; o uso de vestiários e sanitários fica restrita e limitada a 1 (uma) pessoa a cada 4m² com utilização somente para necessidades fisiológicas e assepsia das mãos. “O tempo máximo de jogos será de 50 minutos, devendo após o termino do uso do equipamentos/ambientes ser realizada a higienização com pulverização de substâncias desinfetantes registradas na Anvisa e um intervalo de 10 minutos para ser reutilizado”, comentam.

ACADEMIAS – Como dentro do clube tem academia, o Stiquifar observa que é preciso ter: um distância mínima de 1,5 metros entre os equipamentos aeróbicos/anaeróbicos; tem que ter uma listagem com registro de agendamento de uso do espaço, por hora, em consonância com capacidade de ocupação prevista; as aulas terão 50 min e após o termino todos os equipamentos também deve ser higienizados e aguardado um período de 10 minutos para outro usuário. “Temos que manter os ambientes arejados, com portas e janelas abertas, ficando proibido o uso de ar-condicionado”, finalizam.