Restaurante da Mosaic Fertilizantes não oferece quantidade suficiente de refeição para atender os trabalhadores

  Os diretores do Stiquifar (Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Químicas e...

 

Os diretores do Stiquifar (Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Químicas e Farmacêuticas de Uberaba e Região) receberam denúncias dizendo que mesmo antes de começar a parada de manutenção na Mosaic Fertilizantes, nesta última segunda-feira (30), muitos trabalhadores ficaram sem refeição, pois a quantidade foi insuficiente para atender a demanda.

“É um absurdo alguns trabalhadores ficarem sem almoço e ter que voltar a realizar suas atividades laborais, pois muitos já exercem jornada de trabalho exaustiva para cumprir a meta de produção da empresa, que trabalha com um quadro de empregados muito aquém do necessário. Essa situação demonstra que a empresa negligencia não só as condições de trabalho, mas também não oferecem dignidade a categoria”, destacam.

CONTRADIÇÕES – O responsável pela fiscalização do restaurante tentou alegar que a denúncia de falta de alimentação para os trabalhadores da Mosaic não tinha procedência. No entanto, entrou em contradição quando revelou a empresa Marserv estava realizando um processo seletivo para contratar pessoal para a parada e muitos invadiram o refeitório para se alimentarem, inclusive tiveram que acionar a vigilância. “Se houve descaso foi por parte do pessoal da Manserv”, explica.

Para tentar justificar que não faltou planejamento por parte dos gestores do restaurante, o representante da Mosaic ainda informou que esse fato aconteceu por volta das 14h, quando encerram o horário de atendimento, porque o pessoal tem que ir embora. Contudo, um gerente sindical estava na fila durante o período de distribuição da refeição garantiu que não viu ninguém querendo invadir o restaurante para explicar os motivos que alguns empregados voltaram para os seus setores sem conseguir se alimentarem.